Minha lista de blogs

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Faz toda a diferença no dia-a-dia

Achei lindo e quero dividir com quem, assim como eu, acha que ainda dá pra gente mudar e chegar a ser um pouco melhor....


A ELEGÂNCIA DO COMPORTAMENTO


Existe uma coisa difícil de ser ensinada, e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: a elegância do comportamento.
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres, e que abrange bem mais do que dizer um simples 'obrigado' diante de uma gentileza.
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir, e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma, nem fotógrafos por perto.
É uma elegância desobrigada.
É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam.
Nas pessoas que escutam mais do que falam. E, quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades ampliadas no dia a dia.
É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas; nas pessoas que evitam assuntos constrangedores, porque não sentem prazer em humilhar os outros.
É possível detectá-la em pessoas pontuais.
Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece; é quem presenteia fora das datas festivas; é quem cumpre o que promete.
Oferecer flores é sempre elegante. É elegante não ficar espaçoso demais.
É elegante não mudar seu estilo, apenas para se adaptar ao de outro.
É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais.
É elegante retribuir carinho e solidariedade.
Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do gesto.
A saída é desenvolver em si mesmo a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que acha que 'com amigo não tem que ter estas frescuras'.
Se teus amigos não merecem uma certa cordialidade, teus inimigos é que não irão desfrutá-la.
Elegância é uma educação que não enferruja por falta de uso. É um detalhe: não é frescura.
Ser elegante é ser delicado; é ser seguro.
Ser elegante é ser cavalheiro, ou dama...
A elegância em um comportamento revela bem o quanto se quer crescer; mais ainda, quando este 'crescer' não faz do teu próximo a tua escada...
( Luís F. Veríssimo )


OS
ÚLTIMOS DESEJOS DE ALEXANDRE - O GRANDE



Quando à beira da morte, Alexandre convocou os seus generais e relatou seus 3 últimos desejos:
1 - Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época;
2 - Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistados (prata, ouro, pedras preciosas...); e
3 - Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.

Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a Alexandre quais as razões. Alexandre explicou:

1 - Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte;

2 - Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem;

3 - Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.
(Desconheço o autor)

2 comentários:

Elizete disse...

Iracélia!
Simplismente maravilhoso este texto: A elegância do Comportamento, pois são raras as pessoas que possuem, realmente é coisa de berço.
Abraços

Ana Rúbia disse...

Oi Iracélia! Hoje olhando teu blog vi que você também postou este texto A ELEGÂNCIA DO COMPORTAMENTO, eu recebi ele e achei maravilhoso... Acho que deveríamos divulgar ele mais, pois há tanta gente precisando de um pouco mais elegância não acha? Simplesmente maravilhoso! Parabéns pelo seu blog e pelo seu trabalho. Um grande abraço, Ana Rúbia.